A PHP Error was encountered

Severity: 8192

Message: Function split() is deprecated

Filename: index/noticia_lib.php

Line Number: 190

| [KarenKoltrane] Radio
Conheça nosso novo site! Clique aqui.

Rammstein consegue liminar para lançar álbum Liebe Ist Für Alle Da censurado na Alemanha

A banda alemã Rammstein ganhou recurso para vender seu mais recente Liebe Ist Für Alle Da
A banda alemã Rammstein ganhou recurso para vender seu mais recente Liebe Ist Für Alle Da

Em uma vitória para a liberdade de expressão artística, a banda alemã Rammstein ganhou um recurso para colocar nas lojas alemãs, seu mais recente álbum, Liebe Ist Für Alle Da. Um tribunal decidiu a favor do grupo, revertendo uma lei que proibiu o álbum de ser divulgado publicamente.

 

Em novembro do ano passado, o órgão alemão responsável pela análise de conteúdo de mídia nocivo para jovens (BPjM), anunciou que Liebe Ist Für Alle Da (O Amor Existe Para Todos) e a canção Ich tu dir weh (Eu quero te machucar), eram nocivas às crianças, alegando que a banda fazia apologia à violência e ao sexo desprotegido. A arte do álbum também foi alvo do BPjM. A capa, que exibe um açougueiro prestes a cortar uma mulher nua, e uma fotografia do guitarrista Richard Kruspe simulando um espancamento de um prisioneiro nu, foi censurada. 

 

Com isso, o álbum (que chegou a nº 1 na Alemanha) foi condenado a ser vendido com sua capa censurada e a música Ich tu dir weh proibida de ser executada ao vivo. A gravadora Universal Music lançou o álbum com uma versão alternativa da capa e sem a canção proibida. Mas também abriram um processo contra a agência do governo, exigindo que a banda pudesse lançar o disco original.

 

O tribunal decidiu a favor do Rammstein, declarando que o BPjM não tem o direito de colocar Liebe Ist Für Alle Da na lista restrita, pois o argumento de suposto sadismo do álbum - que poderia prejudicar o desenvolvimento sexual dos jovens - não era o suficiente para uma proibição. Segundo a decisão, ele contém "apenas uma sugestão surrealista à coisas desagradáveis e não uma descrição pormenorizada e real de violência".

 

O BPjM pretende apelar da decisão judicial, que levará pelo menos seis meses. 

 

Enquanto isso, Rammstein podem vender a versão original do álbum. Um brinde à liberdade.


Veja também:



Autor: Rety
Publicada em: 16/06/2010


Para ouvir:
Winamp Mediaplayer Flashplayer
social: